A história fotográfica de Brusque na Internet

Carlos Cid Renaux (Calinho Renaux)

  • Carlos Cid Renaux


Neto de Carlos Renaux, foi um personagem fundamental na história industrial e social de Brusque.

Compartilhe:

Calinho Renaux, como era carinhosamente chamado, nasceu em 20/11/1920, vindo a falecer em 13/09/2002, em Brusque-SC.

Filho de Paulo Guilherme Renaux e Alvina Haendchen Renaux.

Casado com Irmgardt Renaux, pai dos gêmeos Gilberto e Carlos Renaux Júnior.

Este personagem foi fundamental na história industrial e social de Brusque. Dono de um carisma e espirito de liderança nato, se transformou em referência nacional e internacional, buscando sempre desenvolvimento econômico e tecnológico empresarial, sem nunca perder a humildade e o carinho no tratamento com seus funcionários. Iniciou seus estudos no antigo Colégio Santo Antônio ainda em Brusque, depois seguiu para Florianópolis, onde cursou o Colégio Catarinense. Foi para o Rio de Janeiro, em 1938, para estudar no Ginásio São Bento. Também foi a Curitiba e São Paulo, seguindo para a Suíça, fazer especialização têxtil. Os cursos eram relacionados a indústria têxtil, sua grande paixão.
Homem culto e caridoso, Carlos Cid Renaux, presidiu a Associação Comercial e Industrial de Brusque (ACIBr), por mais de 20 anos, foi provedor do Hospital de Azambuja por 51 anos e presidente da Sociedade Cultural Cônsul Carlos Renaux. Desde que tomou a frente na administração das indústrias Renaux, na década de 40, nunca mais parou. Participou até pouco tempo antes de falecer as decisões das empresas, sendo presidente do Conselho Administrativo da Fábrica de Tecidos Carlos Renaux e Industria Têxtil Renaux (Iresa). Participou de também de várias entidades sindicais e associativas, como:

•    Diretor do Sindicato das Industrias de Fiação e tecelagem de Brusque e Itajaí, de 1952 a 1966.
•    Presidente da Associação Comercial Industrial de Brusque, no triênio 1966/1968. Idem de 1975 a 1996.
•    Presidente do Sindicato das Indústrias de Fiação e Tecelagem de Brusque e Itajaí de 1966 a 1998.
•    Presidente da Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina, de 1968 a 1971.
•    Diretor do Serviço Social da Industria - DR-SC, de 1968 a 1971.
•    Presidente do Conselho Diretor do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial, DR-SC, de 1968 a 1971.
•    Presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Brusque, de 1968 a 1971.
•    Representante da Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (FIESC), no Conselho da Confederação Nacional da Industria (CNI), de 1968 a 1974.
•    Conselheiro do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) - Dep. Nacional, de 1968 a 1971
•    Conselheiro do Serviço Social da Industria (SESI) - Dep. Nacional, de 1968 a 1971.
•    Membro da Comissão de Orçamento do Serviço Social da Industria (SESI) - Dep. Nacional da Industria - CNI, de 1969 a 1972.
•    Diretor do Núcleo Regional do Instituto Euvaldo Lodi (IEL) - Programa de Integração Universidade - Indústria, em Florianópolis, de 1969 a 1971.
•    Conselheiro da Sociedade Brasileira de Prevenção de Acidentes - São Paulo - desde 1970.
•    Ex-diretor do Instituto Euvaldo Lodi - IEL- Dep. Nacional.
•    Presidente, por dois períodos, do Clube Esportivo Paysandú, de Brusque.
•    Presidente de honra do Clube Atlético Carlos Renaux
•    Fundador do 1º Comodoro de Cabeçudas Iate Clube.
•    Sócio Fundador do Lions Clube de Brusque.
•    Provedor honorário do Hospital Arquidiocesano Cônsul Carlos Renaux, de Azambuja, em Brusque.
•    Fundador do Rotary Clube de Brusque.
•    Conselheiro do LAFITE-SENAI.

CONDECORAÇÕES
•    Condecorado com a medalha "Confederação Nacional da Industria"- Cinquentenário da O.I.T., em 1969
•    Condecorado com a medalha do Mérito Anita Garibaldi, pelos relevantes serviços prestados ao Estado de Santa Catarina, em 1974.
•    Condecorado com a medalha Assis Chateaubriand - 50 anos de Comunicação, em 1974.
•    Condecorado com a medalha Roberto Simonsen, 1978.
•    Condecorado pela Confederação Nacional Industria – CNI - com a Ordem do Mérito Industrial, em 1995.
•    Condecorado com a medalha comemorativa do 10º aniversário de instalação do Ministério do Trabalho de Santa Catarina.
•    Diploma "Amigo da Marinha", conferido pelo Comandante do 5º Distrito Naval.
•    Diploma "Amigo do Batalhão", conferido pelo 10º Batalhão da Policia Militar de Blumenau.
•    Recebeu a Comenda do Mérito Judiciário do Trabalho das mãos do então ministro da Justiça, Hélio Mosimann, representando o Supremo Tribunal Federal-STF, em Brusque.

VIDA RELIGIOSA
Católico, sempre participava ativamente das cerimônias religiosas em Brusque e no Estado.
Sua fé era uma das mais importantes ferramentas que utilizava para nortear suas ações. Da leitura e estudo da Bíblia, retirava as lições de humildade e caridade que colocava em prática diariamente.






Veja fotos onde essa personagem aparece:


Evento de Inauguração do Hotel Monthez, em 08 de maio de 1992. Hylário Zen e esposa Evelina, Carlos Cid Renaux e esposa.

Ver detalhes da foto

Nota sobre o Governador de SC Colombo Machado Salles entregando a Medalha do Mérito Anita Garibaldi ao brusquense Carlos Cid Renaux pelos seus...

Ver detalhes da foto

Inauguração da Praça Salgado Filho. Arno Ristow no microfone. Presença de Otto Renaux, Guilherme Renaux, Carlos Moritz, Mário Olinger, Carlos...

Ver detalhes da foto

Inauguração do antigo Grupo Escolar Monsenhor Gregório Locks. Na foto estão o próprio Monsenhor, Repórter Jota Duarte, Deputado Dib Cherem,...

Ver detalhes da foto

A história do museu começou no ano de 1933, quando a família de João Marques Brandão, de Itajaí, ofereceu ao Seminário Menor de Azambuja um...

Ver detalhes da foto

A história do museu começou no ano de 1933, quando a família de João Marques Brandão, de Itajaí, ofereceu ao Seminário Menor de Azambuja um...

Ver detalhes da foto

A história do museu começou no ano de 1933, quando a família de João Marques Brandão, de Itajaí, ofereceu ao Seminário Menor de Azambuja um...

Ver detalhes da foto

Inauguração do novo Seminário de Azambuja em 1964. Presença de Dom Joaquim, Dom Afonso, Monsenhor Guilherme, Alexandre Merico, Carlos Cid...

Ver detalhes da foto

Evento de Inauguração do Banco do Brasil em Brusque. Na foto, Ingo Renaux, Jaime Mendes, Calinho Renaux, Alfredo Koehler, ?, e Horst Schlösser

Ver detalhes da foto

Segundo computador de Brusque: em 1974 na Fábrica Renaux. O primeiro da cidade foi o da Indústria Schlösser, alguns meses antes. Modelo do...

Ver detalhes da foto

Tem imagens ou informações que podem enriquecer o acervo do site?