A história fotográfica de Brusque na Internet

Rubens Facchini

  • Rubens Facchini


Comendador da esporte, Fachini foi atleta do vôlei, do atletismo e o grande parceiro de Arthur Schlösser na criação dos Jogos Abertos de Santa Catarina, em 1960.

Compartilhe:

Facchini integrou a equipe que o empresário brusquense Arthur Schloesser enviou ao interior de São Paulo em 1957 para ver como eras disputados os Jogos Abertos do Interior daquele estado. Queria criar uma competição em Santa Catarina capaz de unir o estado pelo esporte. E fez.

Desde então Rubens Facchini abraçou a causa do seu amigo e teve decisiva importância em todas as edições dos Jogos Abertos de Santa Catarina. Criou a Cerimônia anual de acendimento do Fogo Olímpico e para aperfeiçoar o evento foi à Grècia ver o procedimento nos Jogos Olímpicos.

Entusiasta do esporte amador, foi Presidente do Brusque Futebol Clube e Conselheiro da Federação Catarinense de Futebol.

Fachini também foi locutor esportivo no rádio, dirigente de clubes de futebol e, nos últimos anos, se dedicava com afinco para realizar a tradicional cerimônia do acendimento do fogo simbólico dos Jasc, na cidade-berço dos Jogos: Brusque, onde morava.

Sobre a criação dos JASC de 1960:

Em 1957, quando ainda era permitido que cidades de outros Estados também competissem nos Jogos Abertos do interior de São Paulo, Schlosser enviou uma delegação de vôlei feminino, basquete masculino e xadrez para a disputa. Junto com ela foi Facchini, certo da missão que tinha, mas sem qualquer previsão de que aquela viagem mudaria a história do esporte em Santa Catarina.

De forma tímida, ele foi até a Comissão Organizadora em São Carlos, município sede daquele ano. Encontrou no local Baby Barione, ex-atleta que fundou os jogos paulistas. Com receio de que Baby se incomodasse por achar que queriam uma cópia de sua criação, Rubens foi com calma nas palavras. “Queremos saber como funcionam os jogos”, disse Facchini ao ND. Muito solícito, Baby explicou e Rubens se sentiu à vontade para revelar a real pretensão. Baby então mostrou o regulamento e mostrou o caminho das pedras para a criação de uma grande competição esportiva.

De volta a Brusque e com o relatório em mãos, Rubens entregou para Schlosser os detalhes da disputa. Baseado no documento, em 1958 foi criada a primeira comissão organizadora dos JASC. Integrante da comissão, Facchini recebeu a ordem de viajar por Santa Catarina contatando prefeituras e apresentando a novidade. “Ganhei de seu Arthur um fusca, um envelope com dinheiro e fui”, lembra.Todas as cidades que visitou o receberam bem e o trabalho deu certo. Em 1960, na primeira competição, foram 13 municípios e 444 atletas para a competição. “Isso foi extraordinário. Nunca havia se reunido tantos esportistas em Santa Catarina”, vibrou Rubens na conversa com o jornal.

Falecimento

Rubens Facchini morreu em 11/04/2014, em um acidente na BR-470, em Gaspar, município do Vale do Itajaí, aos 76 anos. A colisão que resultou na morte de Rubens Facchini envolveu dois caminhões, que bateram de frente e pegaram fogo, um carro e uma van. 

Fontes: site FESPORTE, site FCF e site ND.






Veja fotos onde essa personagem aparece:


Rubens Facchini na abertura dos JASC 1965, no Bandeirante.

Ver detalhes da foto

Dirigentes esportivos durante os JASC 1960. Observa-se Rubens Facchini (no círculo), Manfredo Hoffmann, Ayres Gevaerd e Arthur Schlösser.

Ver detalhes da foto

Agosto de 1981. Comissão de patrimônio do CACR. Em pé, Leopoldo Bauer. Sentados: (primeira fila, esq. p/ dir.): Érico Zendron, Rubens...

Ver detalhes da foto

Comissão especial de patrimônio, vistoriando as obras da nova arquibancada coberta. 1981. Nesta foto: Rubens Facchini, Roland Renaux, James Crews,...

Ver detalhes da foto

Rubens Facchini e Renato Righetto na Abertura dos Jogos Abertos de Santa Catarina, em 1965 em Brusque.

Ver detalhes da foto

Arthur Schlösser e Rubens Facchini com Emil Rached, o maior jogador de basquete do mundo, em 1967, nos JASC de Joaçaba.

Ver detalhes da foto

Rubens Facchini e Orlando Müller (Pipoca) coordenam a construção do Ginásio de Esportes do Bandeirante, para a realização dos Jogos Abertos...

Ver detalhes da foto

Zeca Pereira, Carlos Azambuja e Rubens Facchini, na quadra do Bandeirante, JASC de 1965.

Ver detalhes da foto

Torcida e narrador no segundo jogo da final do Campeonato Catarinense de 1958, Carlos Renaux 5 x 5 Hercílio Luz, em Tubarão. CACR ganhava o jogo...

Ver detalhes da foto

Tem imagens ou informações que podem enriquecer o acervo do site?